A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um novo reajuste nas bandeiras tarifárias que encarecem a conta de luz em casos de escassez hídrica ou aumentos no custo de produção da eletricidade.

Os valores variam de 3,2% a 63,7%, dependendo do tipo da bandeira.Mas atenção, por enquanto, as novas taxas não encarecem as contas de energia. Isso porque, desde abril, a bandeira tarifária permanece verde, não havendo cobrança adicional.

Os valores vão passar a valer em 1º de julho e serão revisados em meados de 2023.

PORQUE A TARIFA AUMENTOU? 🤷🏻Segundo a Aneel, a alta reflete a inflação e o maior custo com as usinas termelétricas em 2022, acionadas em momentos de crise hídrica e consequentemente, em casos de bandeira vermelha.NOVOS VALORES 🟢 Bandeira verde: não há cobrança adicional;🟡 Bandeira amarela: +59,5%, de R$ 18,74 para R$ 29,89 por megawatt-hora (MWh);🔴 Bandeira vermelha 1: +63,7%, de R$ 39,71 para R$ 65 por megawatt-hora (MWh);🔴 Bandeira vermelha 2: +3,2%, de R$ 94,92 para R$ 97,95 por megawatt-hora (MWh).

Jornal Jangadeiro

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem