Companhia também formará turmas de eletricistas mulheres para atuar na linha de frente da operação

A Enel Distribuição Ceará segue comprometida com a qualidade do fornecimento de energia do Ceará e está com um pacote de obras e ações na rede de distribuição. Projetos de inovação, digitalização, obras e manutenção da rede elétrica, além de ações de sustentabilidade estão entre os principais projetos para este ano de 2022.

No início do mês de maio, a distribuidora vai inaugurar duas novas subestações em Itarema e Paracuru, beneficiando cerca 150 mil moradores nas duas regiões e municípios vizinhos. Para esse ano também está prevista a construção de 156 km de Linhas de Distribuição de Alta Tensão. Para se ter uma ideia, a extensão é semelhante à distância de Fortaleza ao município de Aracati.

Para garantir a confiabilidade do sistema elétrico, a distribuidora continua com suas manutenções nos equipamentos e na rede e elétrica. Serão realizadas cerca de 42 mil manutenções no estado e mais 418 mil podas com iminência de toque na rede elétrica, para garantir a qualidade do fornecimento. Além disso, a Enel irá reforçar a limpeza de faixa de mais de 100 km no segundo semestre para evitar possíveis queimadas nessa época.                                            

A companhia investiu cerca de R$ 1,1 bilhão no ano passado, um aumento de aproximadamente de 20% se comparado a 2020. Os investimentos foram destinados na expansão da rede elétrica, no combate a perdas, na qualidade do sistema e na adequação de infraestrutura.

Para este ano, o grande foco é o uso da inovação e de novas tecnologias para melhoria na qualidade do fornecimento de energia. Para isso foi implementado o projeto Telecontrole, que consiste na utilização de equipamentos controlados à distância para operação remota da rede tornando o serviço mais eficiente. O objetivo do projeto é fazer com que a quantidade de clientes afetados naquela área desligada seja a menor possível, reduzindo significativamente o tempo de restabelecimento do fornecimento de energia. 

Esse ano deverão ser instalados mais 384 aparelhos, totalizando mais de quatro mil em todo o estado. A empresa também está instalando equipamentos para Comunicação via satélite em toda a frota de viaturas para agilizar o contato entre o Centro Operacional e os eletricistas em campo.

A distribuidora vai construir outras quatro subestações em 2022 nos municípios de Guaraciaba do Norte, Itapipoca, Pacatuba, Pindoretama, Porteiras e Fortaleza, beneficiando cerca de 213 mil clientes das regiões. Ano passado, foram entregues as subestações de Ibiapina e Jaguaruana. As subestações garantem mais segurança, confiabilidade e mais qualidade no sistema elétrico para os clientes.

A Enel também ampliou a capacidade de abastecimento da Vila de Jericoacoara, com a implantação de um novo alimentador na região interligado com o município de Cruz. O equipamento tem potência de cerca de 1,17 MW e contou com a instalação de 500 postes entre Cruz e Jeri, além de 30 km de rede de média e baixa tensão.

Novos Centros de Treinamento para formar eletricistas

A distribuidora inaugurou três novos centros de treinamento para capacitação de eletricistas em Juazeiro do Norte, Sobral e na Barra da Ceará, em parceria com o Senai. O objetivo principal dos novos centros será formar mão de obra especializada para atuar nos mais modernos tipos de rede de energia.

“A necessidade de ampliação vem do compromisso da Enel em garantir a capacitação dos profissionais para realização das atividades de forma 100% segura. Com os centros, vamos formar profissionais mais especializados para realizar instalação, construção, operação e manutenção de redes com as novas tecnologias que já estão sendo instaladas pelo grupo Enel em todo o Brasil”, avalia Charles de Capdeville, diretor da área de Infraestrutura e Redes da Enel Ceará.

Uma das grandes novidades do Centro de Treinamento é que, a partir da simulação 3D, os participantes poderão realizar procedimentos e operações, escolhendo equipamentos e ferramentas adequadas. Com essa tecnologia é possível vivenciar a experiência de uma intervenção na rede de forma segura. Outro destaque para esse ano é que os centros de capacitação também contarão com turmas exclusivas de mulheres. A expectativa é de formar pelo menos 40 mulheres eletricistas ainda em 2022 em parceria com a área de sustentabilidade, que continua apoiando projetos de eficiência energética em todo o estado.

Além da parceria com o Senai, a Enel também fez uma parceria com o Exército Brasileiro para capacitar jovens que estão concluindo o serviço militar como eletricistas. “É mais uma forma de incluirmos esses jovens no mercado de trabalho. Fizemos a primeira turma no ano passado com 44 alunos que tem formatura prevista para o próximo mês”, diz Charles de Capdeville.                        

Conteúdo de responsabilidade do anunciante

Enel Ceará

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem