O personal trainer, Eduardo Alves, 31 anos, foi preso por agredir um morador em situação de rua no Jardim Roriz, em Planaltina, no Distrito Federal, após ter flagrado a vítima tendo relações sexuais com sua esposa, dentro do carro dela. A cena de violência foi registrada pelas câmeras de monitoramento do bairro.

Em depoimento, Eduardo disse que "teria orado a Deus" e pedido pra encontrar a mulher, foi então que ele se dirigiu até o Centro de Ensino Fundamental Paroquial e, quando se aproximou do veículo em que sua esposa havia saído, flagrou a mulher e o morador em situação de rua fazendo sexo dentro do carro. Foi então que o personal teria entrado no veículo e começado a agredir o homem.

À polícia, Eduardo disse acreditar que se tratava de um caso de estupro. Mas, a própria mulher dele afirmou, em depoimento, que as relações foram consentidas e também contou que tinha interesse em ajudar pessoas vulneráveis através da igreja. No hospital, ela teria dito a um amigo que teria recebido uma "mensagem de Deus" para ajudar o homem com quem foi flagrada tendo relações.

A 16ª Delegacia de Polícia de Planaltina, investiga o caso que ocorreu no último dia 9 de março.

Vídeo:

Via- Canindé News, ISTO É.

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem