O Governo do Estado do Ceará publicou, em (20/04 ), um decreto que proíbe, o uso de carros de som e paredões de som em vias públicas, espaços públicos e privados de livre acesso ao público, como calçadas, estacionamentos, postos de combustíveis e balneários.

A proibição considera independentemente da medição de decibéis.

Conforme o decreto, poderão acontecer eventos de som automotivo em local apropriado, autorizado pelo órgão municipal competente ou pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), com isolamento acústico e assegurada inexistência de perturbação do sossego público.

Na manhã desta sexta-feira, proprietários de Paredões de Canindé, realizaram uma mobilização na Câmara Municipal, pedindo o apoio dos Vereadores e da Poder Executivo para que o Governo do Estado possa rever o Decreto. Em suas falas os donos dos equipamentos destacam que são trabalhadores, dependem do som automotivo e que isso não é crime. Destacam ainda que após a proibição todos estão prejudicandos sem puderem trabalhar.

Por: Wellington Lima

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem