O Serviço de Verificação de Óbito do Ceará (SVO) ainda não emitiu o laudo cadavérico do menino João Gabriel, segundo Paulo Henrique, irmão da criança.

O menino de 3 anos morreu na segunda-feira (18/04) após ser liberado duas vezes do posto de saúde de Itatira.

Inicialmente o órgão informou que o laudo poderia sair em 10 dias, porém disse que esse prazo pode ser prorrogado.

Um inquérito foi aberto na Delegacia Regional de Canindé, unidade responsável pelo caso.

A Polícia Civil logo após a morte da criança começou as investigações.

Os investigadores já colheram os depoimentos do médico e funcionários do hospital, como também dos pais e irmão da criança e agora aguardam a chegada do laudo cadavérico para dar continuidade no inquérito policial.

O influenciador digital Paulo Henrique, irmão de João, narrou a saga da família em busca de atendimento para o garoto. Em uma série de stories, ele mostrou desde os primeiros atendimentos até o anúncio da morte do menino. O jovem denuncia que houve negligência e cobra justiça.

Após a morte da criança, a Secretaria da Saúde de Itatira divulgou uma nota de pesar e disse que apura o caso e afastou o médico.

Por: Wellington Lima

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem