O Ministério Público do Ceará - MPCE, por meio da promotoria de Boa Viagem, acolheu neste sábado, (2/7), o caso da vítima de violência brutal, Kauanne Vieira, que repercutiu nas redes sociais em virtude da exposição da jovem na internet, mostrando os ferimentos e narrando o horror sofrido dentro de um depósito de bebidas de seu ex-namorado, identificado como Pedro Henrique, principal agressor.

Conforme o promotor de Justiça, Dr. Ala Moitinho, o MPCE ficou ciente do caso, foi procurado pela vítima e se colocou à disposição, bem como solicitou todos os documentos necessários para dar seguimento ao caso junto à justiça e as forças de segurança que seguem à procura do agressor, foragido desde após o ocorrido.

Além da agressão, o indivíduo irá arcar com o descumprimento de uma medida provisória na qual a vítima possuia direito com base na lei Maria da Penha, onde, ele não podia estar próximo de Kauanne.

Kauanne sofreu hematomas nos braços, olhos e por todo o corpo, além das agressões física, os danos psicológicos abalaram a jovem que resolveu não se calar e expor todo o horror sofrido, abraçado por inúmeras pessoas na internet que agora pedem justiça no caso com a prisão do agressor.

Fonte: PORTAL SERTNEWS


Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem