Giovanni Quintella Bezerra foi flagrado pela equipe médica, que colocou uma câmera na sala de cirurgia

Um anestesista foi preso em flagrante nesta 2ª feira (11.jul) por estuprar uma paciente que passava por uma cesárea no Hospital da Mulher Heloneida Studart em Vilar dos Teles, no município São João Meriti, na Baixada Fluminense RJ. 

O crime foi denunciado por enfermeiros e técnicas da unidade de saúde que filmaram o momento em que o médico introduz o pênis na boca de uma paciente sedada enquanto participava do procedimento.  A violência durou cerca de dez minutos e, no final da gravação, o anestesista ainda pega um lenço de papel para limpar os vestígios. De acordo com a polícia, Giovanni Quintella Bezerra já era alvo de desconfiança pela quantidade de sedativo que aplicava nas grávidas.

A equipe médica só conseguiu confirmar o crime no domingo (10.jul), após instalar uma câmera escondida na sala de cirurgia. 

Quintella Bezerra demonstrou surpresa e permaneceu em silêncio no momento da prisão, conduzida pela Delegacia de Atendimento à Mulher de São João de Meriti, que investiga o caso. Ele foi detido ainda no hospital.

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro abriu um processo para cassar a licença do anestesista.  

Fonte: SBT

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem