Furto ao Banco Central aconteceu em 2005 e é considerado o maior furto a baco da história (Foto: divulgação)

Uma mulher, de 41 anos, foi presa em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça Federal no Estado do Ceará. A prisão se deu nesta quarta-feira (16) em Boa Viagem/CE. A prisão foi realizada pela Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Estado do Ceará.

De acordo com a Polícia Federal, a presa havia sido condenada por lavagem de dinheiro no caso do furto do banco central, sendo apontada como uma das responsáveis pela ocultação/dissimulação de mais de R$ 164 milhões, produto do crime que coube a um dos condenados pelo furto ao BC. A mulher será encaminhada ao sistema prisional cearense, onde ficará à disposição da Justiça.

Por coincidência a prisão da envolvida no crime ocorre no mesmo dia em que a plataforma de streaming Netflix lançou o documentário “3 toneladas”, que fala sobre os bastidores da caçada aos envolvidos no furto ao Banco Central, considerado o maior da história. No longa há destaque para a cidade de Boa Viagem, que na época foi investigada após os investigadores suspeitarem que a cidade tinha sido alvo de esconderijo da Polícia.

A Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Estado do Ceará continua em operação, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Administração Penitenciária, Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Fonte: Revista Central#bancocentral #furto #boaviagem #prisão

Envie um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem