Sábado, 18 de novembro de 201718/11/2017
85 996 744 980
Parcialmente nublado
23º
27º
31º
Caninde - CE
Erro ao processar!
POLÍTICA
Eunício faz jogo político com a expectativa dos quixadaenses; MEC ainda não garantiu nada oficialmente
O Senador Eunício Oliveira e seus asseclas em Quixadá fazem jogo político com a expectativa dos quixadaenses pela instalação de um curso de medicina no município.
Redação CNEWS Canindé - CE
Postada em 04/08/2017 ás 09h42
Eunício faz jogo político com a expectativa dos quixadaenses; MEC ainda não garantiu nada oficialmente

O Senador Eunício Oliveira e seus asseclas em Quixadá fazem jogo político com a expectativa dos quixadaenses pela instalação de um curso de medicina no município.


Sem mostrar nenhuma sensibilidade e respeito pelos legítimos anseios da população, o político anunciou da mesa diretora do senado federal que o MEC havia lhe comunicado a garantia dos cursos para o Ceará, e que Quixadá seria uma das cidades beneficiadas. Aproveitou para fazer política e enaltecer seus aliados locais.


Enquanto Eunício dava sua versão sobre os cursos para o Ceará, porém, o MEC dava uma informação bem diferente em seu site oficial. Confira.


“Ainda por meio do Edital nº 6/2014, está prevista a abertura de outros 25 cursos de medicina também no interior do Sul e Sudeste, totalizando 2.305 novas vagas pelo Ministério da Educação até o ano que vem. Outro edital será lançado para contemplar as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. 


“Vamos finalizar esse edital e deveremos lançar um segundo, que diz respeito às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste…”. (FONTE: portal.mec.gov.br)


A própria assessoria de comunicação do MEC, em vídeo, informou o seguinte:


“As regiões Norte e Nordeste só serão contempladas numa próxima rodada de credenciamento.”


O que isto significa? Significa que ainda não há, por parte do governo Temer, nenhuma garantia de que as cidades cearenses receberão aprovação para instalação das faculdades de medicina. Muito especialmente não existe nenhuma garantia oficial por parte do MEC de que Quixadá estará incluída entre as cidades beneficiadas. Como isto poderia existir se o edital para credenciamento da região Nordeste ainda nem foi lançado?


O contrário é que é verdade. Ao passo que o Governo Dilma anunciou oficialmente, por meio do então ministro Aloizio Mercadante, que o Ceará e, mais especificamente, que Quixadá receberia o curso, tendo sido seu credenciamento plenamente reconhecido pelo MEC naquela época, o governo Temer agora obrigará Quixadá e todo o Nordeste a passar novamente por todo o processo de credenciamento.


Ou seja: a gestão peemedebista atrasou o processo de instalação dos cursos no Ceará e tudo o que tem, por enquanto, para oferecer, é a promessa de Eunício Oliveira, promessa que já havia sido feita, inclusive, em maio do ano passado.


Enquanto Eunício brinca com os sentimentos da população quixadaense, seus apoiadores locais vão fazendo caixa de ressonância do seu insensível jogo político, comemorando sua promessa genérica como se elas fossem mais do que aquilo que são. Comunicação oficial do MEC que é boa, nada.


Assista a versão de Eunício e o que diz a assessoria do MEC:

FONTE: diariodequixada
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
186